Roupa de primeira-dama argentina causa polêmica na Itália

Juliana Awada usou jeans em jantar oficial em Florença

Juliana Awada, Mauricio Macri e Matteo Renzi e Agnese Landini
Juliana Awada, Mauricio Macri e Matteo Renzi e Agnese Landini (foto: ANSA)
17:44, 21 OutSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O presidente da Argentina, Mauricio Macri, fez um visita oficial à Itália acompanhado de sua mulher, Juliana Awada, e dos três filhos. Mas, o que chamou atenção, no entanto, foi o look "casual" usado pela primeira-dama em um jantar com os líderes italianos.

 

O casal foi até Florença para um jantar com o primeiro-ministro, Matteo Renzi, e sua mulher, Agnese Landini. A primeira-dama compareceu ao evento de jeans levemente rasgados, camisa estampada e scarpin nude, cabelo preso e maquiagem leve. Um look bem diferente de Agnese, que vestia um vestido preto mais formal e um scarpin.

 

Até aquele momento, a imprensa italiana elogiava a visita de Awada ao país, rendendo elogios como "Juliana, a primeira-dama argentina que encanta a Itália", "a refinada esposa de origem libanês" de Macri.

 

Após o ocorrido, no entanto, a imprensa colocou em questão se o "look" estava adequado para o momento - apesar da ressaltar a elegância de Awada. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA