Mattarella chega à Argentina para estreitar laços com Macri

Presidente tem encontro com autoridades e comunidade italiana

09:42, 08 MaiBUENOS AIRES ZGT

(ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, está na Argentina para uma série de compromissos que querem estreitar ainda mais os laços com o povo local, que conta com forte influência da colonização italiana.
    Sob uma intensa chuva, o líder italiano visitou o Parque da Memória neste domingo (7), pouco tempo após desembarcar, em um local que lembra das atrocidades cometidas pela ditadura militar no país.
    Lá, Mattarella se reuniu com algumas representantes do grupo das Mães da Praça de Maio, que luta para descobrir o paradeiro de crianças separadas dos pais pela ditadura, e depositou flores em homenagem aos desaparecidos. "Vocês precisam ter confiança porque a força da verdade não para", disse a algumas das senhoras que foram vê-lo.
    Além da visita ao Parque, o presidente italiano foi ao Museu da Escola de Mecânica da Armada (Esma), outro local-símbolo da ditadura argentina, que permeou as décadas de 1970 e 1980.
    A agenda do chefe de Estado da Itália para esta segunda-feira (8) inclui uma reunião bilateral, seguida de almoço, com o presidente Mauricio Macri. Após o encontro os dois farão uma coletiva de imprensa e assinarão uma série de acordos entre as duas nações.
    Ainda está prevista uma homenagem ao general San Martín, na Praça de Maio, e uma visita à Scuola Italiana Cristoforo Colombo, onde o mandatário se encontrará com alunos italianos em Buenos Aires. À noite, Mattarella se reunirá com a comunidade italiana no Teatro Coliseo.
    Nesta terça-feira (9), o chefe de Estado fará um discurso no Congresso, com encontros posteriores com os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados.
    No dia 10, Mattarella deixa Buenos Aires e parte para Bariloche, onde se encontrará com a comunidade italiana na escola Dante Alighieri e uma visita à sede da Invap, um empresa de alta tecnologia argentina que conta com atividades de colaboração científica de companhias italianas.
    De Bariloche, o presidente italiano parte para a segunda etapa da viagem pela América do Sul, no Uruguai. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en