Argentina promete quantia 'milionária' a quem achar submarino

ARA San Juan está desaparecido desde o último dia 15 de novembro

Protesto de parentes das vítimas do ARA San Juan, em Buenos Aires, dezembro de 2017
Protesto de parentes das vítimas do ARA San Juan, em Buenos Aires, dezembro de 2017 (foto: ANSA)
15:35, 07 FevBUENOS AIRES ZLR

(ANSA) - O governo da Argentina prometeu uma recompensa "milionária" para quem encontrar o submarino ARA San Juan, que desapareceu no último dia 15 de novembro, com 44 tripulantes a bordo.

O anúncio foi feito na última terça-feira (6), após o presidente Mauricio Macri ter recebido, pela primeira vez, familiares das vítimas do sumiço da embarcação. "O chefe de Estado anunciou que o Governo recompensará com um montante milionário quem der a localização do navio da Armada Argentina", diz uma nota oficial.

Segundo a imprensa local, o valor prometido por Macri é de US$ 4 milhões. "O presidente tem um grande compromisso com a investigação, ele está comprometido em averiguar e com que se faça justiça", declarou o ministro da Defesa do país, Oscar Aguad.

O ARA San Juan perdeu contato com terra firme quando navegava no litoral da província de Chubut, na Patagônia argentina, e levava 44 tripulantes a bordo. As buscas pelo submarino, realizadas em um raio de 40 quilômetros, não deram resultados.

Antes do desaparecimento, a tripulação relatara a entrada de água no submarino pelo sistema de ventilação, o que teria causado um curto-circuito e um princípio de incêndio nas baterias. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA