FMI aprova novo acordo de resgate à Argentina

País receberá mais de US$ 56 bilhões nos próximos anos

Protesto na Argentina contra políticas econômicas de Mauricio Macri
Protesto na Argentina contra políticas econômicas de Mauricio Macri (foto: EPA)
21:39, 26 OutBUENOS AIRES ZLR

(ANSA) - O diretório do Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou nesta sexta-feira (26) a nova versão do acordo com a Argentina, que prevê uma ajuda de US$ 56,3 bilhões ao país.

O novo pacto, chancelado um dia após a Câmara dos Deputados ter aprovado o orçamento argentino para 2019, que prevê pesadas medidas de austeridade, implica em uma transferência imediata de US$ 5,7 bilhões ao país.

Um novo desembolso, este de US$ 7,6 bilhões, está previsto para 15 de dezembro e precisará ser submetido novamente ao diretório do FMI. Desde junho, o fundo já repassou US$ 20,4 bilhões à Argentina, que vive uma grave crise cambial e inflacionária. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA