Morre juiz que havia pedido prisão de Cristina Kirchner

Claudio Bonadio liderava processos contra a vice-presidente

Claudio Bonadio tinha 64 anos de idade
Claudio Bonadio tinha 64 anos de idade (foto: EPA)
19:13, 04 FevBUENOS AIRES ZLR

(ANSA) - O juiz federal Claudio Bonadio, que estava à frente de processos contra a vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, morreu nesta terça-feira (4), aos 64 anos, em sua casa.

Segundo a agência Télam, o magistrado lutava contra um tumor cerebral. Ele estava de licença e planejava voltar ao trabalho em 1º de março.

Bonadio esteve à frente dos principais casos sobre supostos esquemas de corrupção na era kirchnerista e chegou a pedir a prisão de Cristina, que permaneceu em liberdade graças à sua imunidade parlamentar, já que ela era senadora.

Entre os casos liderados por Bonadio estão o que investiga a autoria do atentado contra a associação judaica Amia, em 1994, que fez 84 vítimas, e o dos "cadernos da corrupção", que apura o pagamento de propinas nos governos de Néstor e Cristina Kirchner A vice-presidente, por sua vez, definira o juiz como "pistoleiro e chantagista" quando ainda estava no poder, em 2015. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en