Morales viaja a Cuba para cirurgia nas cordas vocais

Presidente boliviano tem 57 anos e sofre com um nódulo

Morales viaja a Cuba para cirurgia nas cordas vocais
Morales viaja a Cuba para cirurgia nas cordas vocais (foto: ANSA)
14:58, 29 MarHAVANA ZBF

(ANSA) - O presidente da Bolívia, Evo Morales, antecipou uma viagem para Cuba para se submeter a uma cirurgia e retirar um nódulo nas cordas vocais. De acordo com a imprensa cubana, Morales viajará para a ilha amanhã (30) e será operado na sexta-feira (31). Ele já vinha sendo tratado em Cuba pelos seus problemas nas cordas vocais e uma constante dor na garganta, que o impedem de participar de compromissos oficiais e de realizar discusos desde fevereiro.


 "O gabinete ministerial e a equipe médica de Morales decidiram antecipar a viagem do mandatário a Havana porque ele se encontra em boas condições para ser submetido a uma operação deste tipo", disse o jornal estatal "Cubadebate". O anúncio da viagem, porém, foi feito em La Paz pelo ministro da Presidência, René Martínez, e confirmado pela ministra boliviana da Saúde, Ariana Campero, que negou que seja uma "emergência".

"A viagem não está ligada a uma emergência, mas sim, porque o chefe de Estado teve uma recuperação rápida com um tratamento antiviral para combater a sinusite", disse Campero, explicando que as condições de saúde de Morales permitem que a cirurgia ocorra agora.

A operação terá duração máxima de 20 minutos e retirará um nódulo na corda vocal esquerda de Morales, que deverá permanecer em repouso absoluto por ao menos 48 horas. Morales, de 57 anos, esteve em Cuba no início de março para tratar a mesma rouquidão. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en