Papa e Evo Morales se reúnem por quase meia hora no Vaticano

Pontífice deu medalhas e rosários de presente para comitiva

Papa e Evo Morales se reúnem por quase meia hora no Vaticano (foto: ANSA)
12:45, 15 DezCIDADE DO VATICANO ZGT

(ANSA) - O papa Francisco se reuniu por 28 minutos nesta sexta-feira (15) com o presidente da Bolívia, Evo Morales, no Vaticano, em encontro que não teve a pauta divulgada pela Igreja.

Ao chegar para a reunião, Morales chamou o líder católico de "irmão" e fez piada com o religioso, dizendo que ele "rejuvenesceu graças ao trabalho". Os dois se reuniram a portas fechadas e, após o encontro, o Pontífice entregou medalhas e rosários para os nove membros da comitiva boliviana.Não houve, no entanto, a tradicional troca de presentes entre os líderes.

Apesar de não ter sido divulgada a conversa, as lideranças bolivianas haviam dito que Morales explicaria para o sucessor de Bento XVI a solicitação do país no Tribunal de Haia para que a Bolívia volte a ter uma saída para o mar.

A briga histórica entre Bolívia e Chile se arrasta por décadas, e Morales sempre foi um entusiasta da ideia de expansão ao longo de seus mandatos.

Essa é a terceira vez que os dois líderes se reúnem no Vaticano, além de outros três encontros durante a viagem de Jorge Mario Bergoglio à Bolívia, em julho de 2015. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA