Corte de Haia recebe denúncia contra Morales

Ex-presidente boliviano é acusado de crimes de lesa-humanidade

Corte de Haia recebe denúncia contra Morales
Corte de Haia recebe denúncia contra Morales (foto: EPA)
15:27, 10 DezLA PAZ ZBF

(ANSA) - O Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia, na Holanda, confirmou hoje (10) que recebeu uma denúncia por crimes de lesa-humanidade contra Evo Morales, ex-presidente da Bolívia que renunciou ao cargo em meio a uma série de protestos populares.

A denúncia chegou no dia 30 de novembro, de acordo com o advogado Alfonso M. Dorado, de Paris, na França.

"A Corte Penal de Haia recebeu a denúncia contra Evo Morales e ex-ministros por supostos crimes de lesa humanidade", informou o jurista pelo Twitter.

Em uma comunicação dirigida à procuradora do TPI e publicada no Twitter por Dorado, também são apontados na denúncia o ex-vice-presidente Álvaro García Linera e os ex-ministros Juan Ramón Quintana (Presidência), Javier Zabaleta (defesa) e Wilma Alanoca (Culturas), bem como o deputado de La Paz Gustavo Torrico.

A denúncia fala em um "ataque generalizado, coordenado e organizado entre 27 de outubro e 20 de novembro" realizado por Morales contra os manifestantes e opositores.

As revoltas sociais foram impulsionadas pelas suspeitas de fraude nas eleições presidenciais de 20 de outubro.

Pressionado e sem apoio das Forças Armadas, Morales renunciou em 10 de novembro, e a senadora Jeanine Áñez assumiu o governo interinamente. O ex-presidente é investigado sobre um áudio em que uma voz - que o governo interino assegura ser de Morales - pede para cercar as cidades e interromper o fornecimento de combustível e alimentos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA