Morales oficializa candidatura ao Senado da Bolívia

Refugiado na Argentina, ele não pode concorrer à Presidência

15:02, 04 FevSÃO PAULO ZBF
(ANSA) - O ex-presidente boliviano Evo Morares oficializou nesta segunda-feira (3) sua candidatura ao Senado do país. As eleições ocorrerão no dia 3 de maio, de acordo com o Supremo Tribunal Eleitoral (TSE).
    Morales renunciou à Presidência em 10 de novembro, em meio a uma onda de protestos por possíveis irregularidades nas eleições locais. Refugiado na Argentina, ele não pode concorrer novamente à Presidência e, portanto, seu partido, o Movimento ao Socialismo (MAS), formalizou o ex-ministro da Economia Luis Arce para disputar a vaga. Para o Senado, o MAS lançou uma lista com oito candidatos: quatro titulares e quatro suplentes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en