Grupo de Amizade Parlamentar Brasil-Itália se reúne em Brasília

Encontro foi o primeiro com a nova legislatura brasileira

Raffaele Trombetta, embaixador da Itália no Brasil
Raffaele Trombetta, embaixador da Itália no Brasil (foto: Agência Brasil)
14:40, 27 FevSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O Grupo de Amizade Parlamentar Brasil-Itália reuniu-se nesta terça-feira (27) na Embaixada da Itália, em Brasília, para o primeiro encontro da atual legislatura desde sua constituição oficial na Câmara do Congresso Federal.

 

A reunião, liderada pelo embaixador, Raffaele Trombetta, e pelo deputado Ricardo Barros, que assumiu a presidência do grupo brasileiro, colocou em pauta o fortalecimento dos laços políticos, econômicos e culturais entre os dois países.

 

No encontro, ficou decidido que o primeiro objetivo será o de uma intensificação imediata do diálogo político, por meio de encontros e visitas tanto em nível governamental como no nível técnico. Já a segunda prioridade será a troca de experiências entre os parlamentares naquilo que se refere à legislação adotada em matéria de interesse recíproco. Como, por exemplo, a legislação de apoio às pequenas e medias empresas.

 

Ainda no âmbito econômico, o Grupo vai dedicar especial atenção à Exposição Universal de Milão (Expo Milão 2015), que terá início no próximo dia 1 de maio e da qual o Brasil participará com um dos maiores pavilhões.

 

Também será dada a atenção ao acompanhamento, nas duas Câmaras, dos projetos de lei de retificação dos acordos assinados entre as duas nações e à identificação de possíveis temas de cooperação do grupo parlamentar Brasil - União Europeia.

 

Para a cultura, Trombetta apresentou aos brasileiros os eventos do "Ano da Itália na América Latina", um conjunto de promoções culturais organizados pelo governo italiano, que terá o Brasil como um dos parceiros latino-americanos mais qualificados para receber os eventos.

 

O ensino da língua italiana no Brasil será outro foco. No Rio de Janeiro, por exemplo, o governo italiano atua com a Secretaria de Educação em um programa chamado "Dupla Escola", através do qual se fomenta o ensino da língua italiana no sistema público escolar.

 

A difusão do idioma italiano tem sido uma demanda crescente dos brasileirose a Itália pretende retomar esse interesse através do fechamento de novos acordos semelhantes com outros estados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA