Tiroteio no Rio de Janeiro deixa ao menos cinco feridos

O tiroteio ocorreu na movimentada Avenida Brasil

19:27, 06 FevSÃO PAULO ZBF

(ANSA) - Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas durante uma perseguição a criminosos que roubaram um caminhão de transporte de carga e escoltavam o veículo pela Avenida Brasil, em um carro com apoio de duas motos, na altura de Manguinhos, perto da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os criminosos estavam na pista em direção à zona oeste e atiraram contra viaturas do 22º Batalhão da Polícia Militar (Maré) que passavam na hora e houve confronto.
    Por causa do tiroteio, a Avenida Brasil ficou fechada nos dois sentidos por mais de 5 minutos. O tiroteio causou pânico entre os motoristas que passavam na hora. Muitos deles saíram dos carros e procuraram abrigo na mureta divisória das pistas. A Avenida Brasil tem 54 quilômetros de extensão e é a principal ligação da zona portuária do Rio com os bairros das zonas norte e oeste, passando junto ao acesso à Rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040) e também da rodovia Presidente Dutra (BR-116).
    De acordo com a assessoria da Secretaria da Polícia Militar, militares do Batalhão de Choque da PM que estavam em deslocamento pela Avenida Brasil se depararam com os criminosos e participaram do confronto. Na ação, três militares ficaram feridos e foram socorridos e encaminhados para o Hospital Central da corporação, no bairro do Estácio. Um dos policiais, em estado mais grave, teria sido ferido no olho. Os outros dois sofreram ferimentos por estilhaços de vidro.
    Segundo a PM, o motorista do caminhão de carga também foi ferido no peito e socorrido no Hospital Municipal Souza Aguiar, na região central da cidade. E um médico que passava de carro na hora do tiroteio foi ferido de raspão na cabeça e encaminhado para o Hospital Central do Exército, em Benfica.
    Os criminosos conseguiram fugir. O carro usado no crime foi apreendido na Avenida Brasil. Fonte: Agência Brasil (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en