Número de brasileiros rejeitados na UE cresce mais de 60%

4.984 cidadãos do Brasil foram barrados no bloco em 2018

Movimentação de passageiros no Aeroporto de Fiumicino, nos arredores de Roma
Movimentação de passageiros no Aeroporto de Fiumicino, nos arredores de Roma (foto: ANSA)
16:04, 07 MarBRASÍLIA ZLR

(ANSA) - O número de cidadãos brasileiros impedidos de entrar legalmente na União Europeia aumentou 61,5% em 2018, de acordo com dados da Frontex, a agência do bloco para controle de fronteiras.

Segundo Bruxelas, 4.984 brasileiros foram barrados na UE no ano passado, contra 3.086 em 2017. Esse número, de acordo com dados citados pela Folha de S. Paulo, coloca o Brasil em sétimo lugar na lista de mais cidadãos impedidos de ingressar na União Europeia.

Por outro lado, acredita-se que tenha aumentado o número de imigrantes brasileiros ilegais no bloco. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en