Temporal mata 11 pessoas e alaga Grande São Paulo

Região do ABC foi uma das mais afetadas

Vista do Rio Tietê em São Paulo (SP), nesta segunda-feira (11), em alagamentos em São Paulo (foto: Willian Moreira/Futura Press)
15:34, 11 MarSÃO PAULO ZBF

(ANSA) - O governador de São Paulo, João Doria Jr., informou que há 11 mortes confirmadas em todo o estado por conta das chuvas e dos alagamentos.


A região mais afetada é das cidades do ABC paulista, além dos bairros de Vila Prudente e Ipiranga, da cidade de São Paulo.


Em Ribeirão Pires, quatro pessoas morreram em deslizamentos de terra, outra, em Embu. As outras mortes foram por afogamento: 2 na Avenida dos Estados, 1 em São Bernardo do Campo e 2 em Santo André, todas no ABC. Já em São Paulo, foi registrada uma morte por afogamento no bairro do Ipiranga, além de uma criança sob escombros no parque São Rafael, na zona leste da capital. 

O temporal que atingiu a grande São Paulo na noite desse domingo (10) e madrugada de hoje (11) deixou diversas regiões alagadas, bloqueando ruas e avenidas, desabamentos de casas e deslizamentos de terra. 

Os dados atualizados do Corpo de Bombeiros registram uma total de 34 ocorrências de queda de árvores, 54 desmoronamentos e desabamentos e 601 atendimentos para alagamentos. A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos informou que a circulação de trens na Linha 10 (Turquesa) está interrompida e ainda sem previsão de normalização.

O Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo informou que o maior volume de chuva, das 19h de ontem às 7h de hoje, foi registrado em Jabaquara, 109,5 milímetros, e na Vila Prudente, 103,3mm.

Fonte: Agência Brasil (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA