Sanções dos EUA bloqueiam navios iranianos no Brasil

Embarcações aguardam abastecimento no porto de Paranaguá (PR)

14:43, 19 JulSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Dois navios iranianos estão parados perto do porto de Paranaguá, no Paraná, por causa de sanções unilaterais impostas pelos Estados Unidos.

As embarcações Bavand e Termeh, da empresa Sapid Shipping, segundo a Reuters, vieram ao Brasil com ureia e voltariam ao Irã com milho, mas estão paradas desde o início de junho. Por meio de um comunicado, a Petrobras informou que não reabasteceu os dois navios por causa de sanções dos Estados Unidos contra a empresa iraniana.

"Caso a Petrobras venha a abastecer esses navios, ficará sujeita ao risco de ser incluída na mesma lista, o que poderia ocasionar graves prejuízos à companhia", diz a nota.

O presidente Jair Bolsonaro também se pronunciou e disse que as empresas brasileiras foram "avisadas desse problema". "Estou me aproximando cada vez mais do Trump, fui recebido duas vezes por ele. [...] O Brasil não tem conflito com ninguém, mas entendemos que outros países têm problemas e que temos que cuidar dos nossos problemas em primeiro lugar", acrescentou.

O portal G1 afirma que a empresa iraniana chegou a obter uma liminar da Justiça ordenando o reabastecimento dos navios, mas a decisão foi derrubada em caráter liminar e monocrático pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA