Líderes do Brics se reúnem para 2º dia de cúpula em Brasília

Chefes de Estado e Governo tiveram reunião privada nesta manhã

Líderes do Brics se reúnem para 2º dia de cúpula em Brasília
Líderes do Brics se reúnem para 2º dia de cúpula em Brasília (foto: EPA)
17:15, 14 NovSÃO PAULO ZBF

(ANSA) - Os líderes políticos do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul se reúnem hoje (14), em Brasília, para o segundo e último dia da 11ª Cúpula dos Brics.

O encontro, que tem o presidente Jair Bolsonaro como anfitrião, acontece no Palácio do Itamaraty, e conta com a participação de Vladimir Putin, Narendra Modi, Xi Jinping e Cyril Ramaphosa.

Pela manhã, os líderes fizeram as fotos oficiais e se reuniram para uma sessão fechada, sem acesso da imprensa. Depois, seguiram para a sessão plenária, aberta e com transmissão ao vivo.

Depois, os chefes de Estado e de Governo dos Brics terão um encontro com o Conselho Empresarial e com o Novo Banco de Desenvolvimento. Os líderes empresariais dos países do grupo apresentarão uma lista de 23 recomendações, que abrangem a facilitação de comércio, o fortalecimento do Novo Banco de Desenvolvimento (com investimentos em energia limpa e em países fronteiriços do bloco), o desenvolvimento de competências profissionais e acordos de cooperação em 10 setores, entre os quais indústria 4.0, biotecnologia e infraestrutura.

Instalado em 2015, com sede em Xangai, na China, o Novo Banco de Desenvolvimento tem como objetivo ser uma fonte alternativa de financiamento ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e ao Banco Mundial. O capital da instituição foi formado com US$ 10 bilhões de cada membro dos Brics, totalizando US$ 50 bilhões, mas o banco está aberto a receber países de fora do grupo como sócios.

A representação do NDB no Brasil, com sede em São Paulo e escritório em Brasília, deve ser inaugurada durante a cúpula.

A previsão é a de que, após os encontros, seja emitida uma declaração conjunta, que tem sido chamada de "Declaração de Brasília". O texto está sendo preparado há semanas e, de acordo com fontes locais, deve abordar temas como as mudanças climáticas e pontos sensíveis da geopolítica mundial.

Presidente

Após cumprir os compromissos na cúpula dos Brics, Bolsonaro ainda terá duas reuniões bilaterais nesta quinta-feira, com o presidente russo e com o presidente sul-africano, ambas no Palácio do Planalto.
Ontem, no primeiro dia oficial da cúpula dos Brics, Bolsonaro manteve encontros oficiais com o líder chinês, Xi Jinping, e com o premier indiano, Narendra Modi. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA