Líderes do Mercosul se reúnem hoje em Bento Gonçalves

Bolsonaro será o anfitrião da 55ª Cúpula do Mercosul

Líderes do Mercosul se reúnem hoje em Bento Gonçalves
Líderes do Mercosul se reúnem hoje em Bento Gonçalves (foto: EPA)
10:15, 05 DezSÃO PAULO ZBF

(ANSA) - Líderes e representantes políticos de países sul-americanos irão se reunir nesta quinta-feira (5), em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, para a 55ª Cúpula do Mercosul.
   

Formado oficialmente por Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, e com outros países da região com o status de associados, o Mercosul foi estabelecido pelo Tratado de Assunção em 1991 para promover integração econômica.
   

Como o Brasil exerce a presidência rotativa temporária, Jair Bolsonaro será o anfitrião da cúpula. Mas as expectativas são baixas, já que a América Latina enfrenta uma situação de tensão com protestos massivos, além de troca de governos e eleições.

 

Maurício Macri, que ficará na Presidência da Argentina até 10 de dezembro, irá a Bento Gonçalves como um de seus últimos compromissos oficiais no exterior. O paraguaio Mario Abdo também confirmou presença. O Uruguai enviará a vice-presidente, Lúcia Topolansky, já que o presidente Tabaré Vázquez, m fim de mandato, foi diagnosticado com câncer.
   

O Chile, que enfrenta uma onda de protestos, deve enviar um representante do Ministério das Relações Exteriores, uma vez que o presidente Sebastián Piñera está empenhado em resolver a crise doméstica. A Bolívia está em processo de adesão ao Mercosul, mas também enfrenta uma crise política que culminou com a renúncia do presidente Evo Morales. Como anfitrião, o Brasil convidou o governo interino de Jeanine Añez, que pretende enviar um representante.
   

Suspensa do Mercosul, a Venezuela foi o único país da América do Sul não convidado pelo Brasil para a cúpula. Segundo o Palácio do Planalto, Bolsonaro embarcou às 6h para o Rio Grande do Sul. Sete ministros integram a comitiva presidencial: Paulo Guedes (Economia), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Tereza Cristina (Agricultura Pecuária e Abastecimento), Fernando Mandetta (Saúde), Osmar Terra (Cidadania) e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.
   

A cúpula do Mercosul será iniciada às 11h locais, no Hotel & Spa do Vinho. Às 12h30, está agendada a cerimônia de assinatura de atos e, às 14h45, a declaração dos líderes à imprensa.
   

Dados do Itamaraty referentes a 2018 apontam que o Brasil exportou US$ 20,83 bilhões para os parceiros do Mercosul e importou US$ 13,37 bilhões. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA