Uma pessoa morre em inundação de subsolo de prédio em SP

A capital paulista ficou em estado de atenção por causa da chuva

08:14, 24 DezSÃO PAULO ZCC
(ANSA) - Um homem morreu no bairro de Santana, na zona norte da capital paulista, nesta segunda-feira (23) devido a uma inundação no subsolo de um prédio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a água subiu até o teto e seis equipes, incluindo bombeiro mergulhador, atenderam a ocorrência no final da tarde.
    A capital paulista ficou em estado de atenção na tarde desta segunda-feira, até as 19h17, devido às chuvas que atingiram a cidade, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura. Balanço divulgado pelos Bombeiros, às 17h53, contabilizou 106 chamados para enchentes e inundações, 19 quedas de árvores e 4 desabamentos. O CGE identificou um total de 27 pontos de alagamento na cidade.
    A previsão do órgão é que, na terça-feira (24), a madrugada deve ter chuviscos isolados devido a ventos marítimos, mas as condições meteorológicas devem melhor no decorrer do dia, que deve ter sol entre nuvens. Segundo o CGE, o tempo ficará mais estável e não há previsão de chuvas. No entanto, mesmo com a presença do sol, as temperaturas não devem subir, com mínima de 17°C na madrugada e máxima em torno dos 25°C. Os índices de umidade do ar devem ficar acima dos 50%.
    No dia 25, a previsão é que o tempo seja bom e estável. De acordo com o CGE, o ar seco vai garantir um dia ensolarado com temperatura máxima chegando aos 28°C. Na madrugada, a temperatura mínima deve cair um pouco, com valores médios em torno dos 16°C. Ao longo do dia, o céu deve ficar nublado com poucas nuvens. Não há previsão de chuvas para a capital e nem para a Grande São Paulo. Fonte: Agência Brasil (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en