Segunda maior chuva em 77 anos gera caos em São Paulo

Alagamento perto do Sambódromo do Anhembi, em São Paulo
Alagamento perto do Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (foto: Romerito Pontes/Futura Press)
14:37, 10 FevSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo suspendeu as aulas desta segunda-feira (10) em 37 escolas, de um total de pouco mais de 5 mil unidades, em função das fortes chuvas que atingiram a capital paulista na madrugada.

O conteúdo das aulas será reposto futuramente. A secretaria informa que as consequências das chuvas serão monitorados pelas respectivas diretorias regionais de Ensino, para a tomada das devidas providências e obras emergenciais.

"Não serão realizadas atividades de avaliação, introdução de novas habilidades ou qualquer atividade relevante que venha a prejudicar aqueles que não tenham conseguido chegar às escolas".

A chuva na capital paulista não cessa desde a madrugada. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 114 milímetros de precipitação na estação do Mirante de Santana, zona norte de São Paulo, o segundo maior volume de chuva para um mês de fevereiro em 77 anos. Diante dos transtornos, a Defesa Civil recomendou que os paulistanos fiquem em casa.

A chuva causou alagamentos em vias importantes, como as marginais Tietê e Pinheiros. O Corpo de Bombeiros registrou 16 desabamentos, 192 enchentes e 113 quedas de árvores.

O rodízio municipal de veículos está suspenso para carros e caminhões durante o dia todo. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) colocou todo o efetivo em campo para auxiliar motoristas e organizar o trânsito. (ANSA)(Com informações da Agência Brasil)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA