Hospital de campanha no Fiat Clube de Betim é inaugurado

Estrutura terá 200 leitos; 120 já foram entregues

Hospital de campanha apoiado pela FCA em Betim, Minas Gerais
Hospital de campanha apoiado pela FCA em Betim, Minas Gerais (foto: Divulgação)
14:05, 09 AbrSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Após pouco mais de uma semana de trabalho, o hospital de campanha instalado na sede do Fiat Clube, em Betim (MG), está pronto para receber pacientes da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

A estrutura, a primeira montada em Minas Gerais especificamente para o combate à pandemia, fica em uma área de 2 mil metros quadrados cedida pela Fiat Chrysler Automobiles (FCA) à Prefeitura de Betim, sede de uma das fábricas da empresa.

O hospital de campanha terá 200 leitos, sendo que 120 já estão disponíveis, e receberá casos mais leves da Covid-19 ou pacientes em recuperação após alta da UTI. A estrutura fica nos dois andares do edifício principal do Fiat Clube, um destinado ao atendimento assistencial dos doentes e outro para retaguarda dos profissionais da saúde, contando com vestiários, refeitório, almoxarifado e sala de descanso.

A FCA também doou um Fiat Ducato ambulância para o transporte de pacientes. "A união de esforços e o espírito de colaboração são decisivos em um momento tão excepcional como o que o Brasil e o mundo atravessam", disse o presidente da empresa para a América Latina, Antonio Filosa.

"Por isto, cedemos à Prefeitura de Betim as instalações do nosso Fiat Clube, entre outras medidas adotadas, em uma estratégia coordenada para contribuir de forma efetiva nas áreas onde há maior necessidade", acrescentou.

A FCA também está trabalhando na instalação de um hospital de campanha em Goiana (PE), sede do polo automotivo Jeep, com previsão de inauguração para o fim do mês. Além disso, montou oficinas para manutenção de ventiladores pulmonares e vai fabricar cerca de 2 mil protetores faciais plásticos em impressoras 3D. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA