Doria prorroga quarentena em São Paulo até 10 de maio

Governador disse que decisão é baseada na "ciência"

Trabalhador no centro de São Paulo em meio a isolamento, no dia 13 de abril
Trabalhador no centro de São Paulo em meio a isolamento, no dia 13 de abril (foto: EPA)
13:51, 17 AbrSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira (17) a prorrogação da quarentena no estado de 22 de abril para o dia 10 de maio.

Segundo o tucano, a medida tem como objetivo "evitar o colapso" no sistema de saúde público e privado. "Aqui nós não brigamos com a ciência, nós respeitamos a ciência, e a orientação da ciência foi para prorrogarmos a quarentena até 10 de maio", disse, durante pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes.

O isolamento imposto pelo governo estadual determina o fechamento do comércio - com exceção de mercados, açougues, padarias, bancas de jornais e farmácias -, bares e restaurantes (delivery e drive thru são permitidos), casas noturnas, academias e escolas.

Até o momento, São Paulo contabiliza 11.568 casos do novo coronavírus e 853 mortes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA