Italianos lançam ação para ajudar Paraisópolis em pandemia

Grupo vende camisetas com mensagens de otimismo pela internet

Camisetas da 'Quarantine Shirts' trazem mensagens de esperança durante pandemia
Camisetas da 'Quarantine Shirts' trazem mensagens de esperança durante pandemia (foto: Divulgação)
12:24, 13 MaiSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - Por Tatiana Girardi - Quatro amigos italianos estão ajudando a arrecadar fundos para a Associação das Mulheres de Paraisópolis, que fica na comunidade homônima na zona sul da cidade de São Paulo, durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Para isso, eles lançaram o projeto "Quarantine Shirts", que conta com uma série de camisetas com mensagens positivas e que podem ser compradas pelo site https://quarantine-shirts.myshopify.com/.

Todo o lucro da venda das peças, que custam R$ 120 cada, é enviado para a associação, que está realizando diversas ações comunitárias, como a doação de milhares de marmitas para os moradores.

"Somos quatro amigos que moram no Brasil já há um tempo e vimos o que estava acontecendo na Itália e o que ela [a pandemia] poderia causar no país. Decidimos então ajudar porque vimos que a situação aqui também poderia ser triste", destaca Mattia Mossetti, um dos idealizadores do projeto, em entrevista à ANSA.

Segundo o italiano, ao perceber o perigo que a Covid-19 trazia, eles se reuniram "de maneira remota" e criaram o projeto, sendo que essa é a primeira ação do tipo que eles fazem juntos.

Mossetti explica que, em média, os criadores da "Quarantine Shirts" moram no Brasil há sete anos, sendo que dois deles são da região de Piemonte, um é da Lombardia e outro veio do Vêneto - três das quatro mais afetadas pela pandemia do novo coronavírus em território italiano.

"Por isso, ficamos muito afetados, muito tristes com o que aconteceu lá, com as nossas famílias por lá, e decidimos ajudar as pessoas daqui", ressalta. O idealizador da ação ainda destaca que, em breve, serão lançados outros produtos além das camisetas.

"Esses outros itens vão garantir a continuação das atividades, ajudando a Mulheres de Paraisópolis no futuro. Nesse momento, a comunidade recebe muita atenção por causa da pandemia, mas esperamos que isso possa continuar. A comunidade precisa muito da ajuda das entidades privadas também no longo prazo", acrescenta Mossetti.

Enquanto a Itália vive a fase de declínio da pandemia, com uma diminuição consistente no número de casos e mortes, o Brasil está no momento inverso, batendo recordes diários de contaminações e óbitos.

Até esta terça-feira (12), há 221.216 infecções confirmadas em território italiano e 30.911 óbitos - sendo que 82.904 casos estão na Lombardia; 28.889, no Piemonte; 26.929, na Emilia-Romagna; e 18.782, no Vêneto.

Já no Brasil, o Ministério da Saúde informou que são 178.214 casos confirmados da Covid-19 e 12.461 falecimentos pela doença. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA