Brasil bate recorde de novos casos; mortes superam 13 mil

País registrou 11.385 contágios nas últimas 24 horas

Brasileira caminhando pelas ruas de São Paulo
Brasileira caminhando pelas ruas de São Paulo (foto: EPA)
07:26, 14 MaiSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - O Brasil registrou 11.385 novos casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, elevando o número total para 188.974, informou o Ministério da Saúde nesta quarta-feira (13). Essa é a maior quantidade de contágios diários contabilizada desde o início da pandemia.

Segundo o balanço, o país teve mais 749 óbitos de ontem para hoje. Com isso, o número total de vítimas subiu para 13.149, com taxa de letalidade de 7%.

O número de falecimentos, no entanto, não significa necessariamente que as pessoas perderam a vida no último dia, já que, desde que o Brasil foi atingido pela pandemia, o governo tem somado aos dados diários os óbitos ocorridos dias atrás, mas que foram confirmados nas últimas 24 horas.

O recorde de óbitos no Brasil foi registrado ontem (12), quando foram contabilizadas 881 vítimas em apenas um dia.

No total, 2.050 mortes ainda continuam sendo investigadas, enquanto 97.402 pacientes estão em acompanhamento médico e 78.424 foram curados da Covid-19. São Paulo se mantém como o estado epicentro da doença, com 51.097 pessoas infectadas.

Hoje, o Ceará ultrapassou o Rio de Janeiro, com 19.156 casos no total, e aparece no segundo lugar da lista. No Rio, são 18.728, ao todo.

Apesar do número alarmante, o governo não informou mais detalhes sobre as medidas para combater a doença, porque a entrevista coletiva do Ministério da Saúde, realizada diariamente, foi cancelada. Até o momento, o número de vítimas cresce mais no Brasil do que em toda a Europa. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA