Regina Duarte deixa cargo de secretária da Cultura

Atriz assumirá a Cinemateca em São Paulo

Atriz estava na pasta desde o dia 4 de março (foto: EPA)
10:40, 20 MaiSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou nesta terça-feira (20) que a atriz Regina Duarte deixou o comando da Secretaria Especial da Cultura.

Segundo Bolsonaro, em uma publicação em seu perfil no Twitter, a atriz de 73 anos de idade assumirá a Cinemateca em São Paulo. Regina Duarte estava na pasta desde o dia 4 de março.

"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", escreveu o presidente.

A atriz, por sua vez, definiu a mudança como um "presente". Ela afirmou que assumir a instituição é um "sonho de qualquer profissional de comunicação, de audiovisual, do cinema e do teatro".

Regina foi convidada pelo chefe de Estado brasileiro para assumir o cargo de secretária especial da Cultura após a exoneração do dramaturgo Roberto Alvim, no dia 17 de janeiro. Em sua posse, a atriz afirmou que seu objetivo na pasta era buscar "pacificação" e "diálogo permanente".

Ela é um dos rostos mais conhecidos da televisão brasileira, tendo já trabalhado em dezenas de novelas. Alguns dos papéis mais marcantes da carreira de Regina Duarte foram em "Selva de Pedra", "Vale Tudo", "Roque Santeiro" e "Rainha da Sucata".(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA