Brasil passa França e se torna o 4º país com mais mortes

Nas últimas 24 horas, houve um recorde de novos casos

Funeral de vítima da Covid-19 em Brasília
Funeral de vítima da Covid-19 em Brasília (foto: EPA)
20:04, 30 MaiSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - O Brasil registrou mais 956 mortes pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, atingindo a marca de 28.834 óbitos, informou o Ministério da Saúde neste sábado (30).

Com o número, o país ultrapassa a França (28.717) e se torna o quarto com mais vítimas em todo o mundo, conforme levantamento da Universidade Johns Hopkins.

Segundo o balanço, o Brasil ainda contabilizou 33.274 novos casos confirmados da Covid-19 em apenas um dia, elevando a quantidade total para 498.440 infecções. O número diário é o maior já registrado desde o início da pandemia, superando o recorde de ontem (26.928).

Nesta semana, durante quatro dias consecutivos, o país teve mais de mil mortes pelo coronavírus, o que demonstra uma aceleração na curva de novas mortes e contágios. No entanto, a confirmação dos números não representa que todos ocorreram nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde tem atualizado os dados com atraso. Até o momento, existem 200.892 pessoas recuperadas, enquanto que outras 3.862 mortes estão sendo investigadas.

O estado de São Paulo, considerado o epicentro da doença, registrou 257 novas mortes por coronavírus entre ontem e hoje, chegando ao total de 7.532. Além disso, foram somados mais 5.586 casos da doença, atingindo 107.142 desde o início da pandemia.  (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA