Embaixada italiana debate desenvolvimento sustentável no Brasil

Evento contou com a participação de empresas e ONGs nacionais

Embaixada da Itália realizou webinar para debater desenvolvimento sustentável
Embaixada da Itália realizou webinar para debater desenvolvimento sustentável (foto: Reprodução/ Embaixada)
13:47, 06 OutSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - A Embaixada da Itália no Brasil promoveu nesta terça-feira (6) o seminário online "Aliança entre empresas e ONGs para o desenvolvimento sustentável no Brasil", que contou ainda com a colaboração da empresa italiana de energia Enel e a entidade AVSI Brasil e com o apoio do Ministério das Relações Exteriores da Itália.

O embaixador da Itália em Brasília, Francesco Azzarello, afirmou na introdução do webinar que o evento "mostra que é possível um diálogo positivo sobre projetos concretos para o desenvolvimento sustentável no Brasil, graças à adoção de modelos inovadores de parcerias".

Além de Azzarello, participaram das discussões a vice-ministra italiana das Relações Exteriores, Emanuela Del Re, o diretor da AVSI Brasil, Fabrizio Pellicelli, a responsável pela Enel Green Power Brasil, Roberta Bonomi, a gerente executiva de Sustentabilidade Empresarial do Banco do Brasil, Ana Macedo, e o diretor executivo da Fundação Banco do Brasil, Rogério Bressan.

A moderação do evento foi realizada pelo diretor da Rede Brasil do Pacto Global das Nações Unidas para as Empresas, Carlo Pereira, que destacou as particularidades do contexto brasileiro, o qual considera um "terreno fértil para parcerias multissetoriais".

Por sua vez, Bonomi traçou as linhas da estratégia de sustentabilidade do Grupo Enel e do modelo de investimento social implementado no Brasil.

Macedo falou aos presentes focando no papel institucional e na visão de responsabilidade corporativa do Banco do Brasil, acrescentando que, ao longo dos anos, desenvolveu uma aliança estratégica com a Enel. O diretor executivo da Fundação BB explicou sobre o novo acordo-quadro, que nasceu graças à colaboração entre a entidade, a Enel e a AVSI, que "fornecerá o quadro financeiro e operacional para projetos futuros em favor das camadas mais vulneráveis da população".

Já o diretor da AVSI Brasil relembrou as origens da presença histórica entidade no país e o desenvolvimento de colaborações com parceiros locais, públicos e privados.

Fechando o webinar, a vice-ministra italiana destacou "a grande importância da parceria e da complementariedade entre empresas, sociedade civil e instituições públicas, como um novo paradigma para enfrentar os novos desafios comuns do desenvolvimento sustentável".

"De grande interesse é o modelo de colaboração construído por Enel e AVSI com o Banco do Brasil e sua Fundação, parceiros institucionais essenciais para consolidar um modelo ainda mais amplo de parceria público-privado para o desenvolvimento sustentável adaptado às necessidades locais. Uma experiência que faz parte da história consolidada de colaboração entre a Itália e o Brasil, um país amigo com o qual compartilhamos laços históricos e fraternos", concluiu Del Re.

Durante o evento, a partir também do uso de vídeos, foram discutidas as experiências adquiridas pela AVSI e Enel no campo da sustentabilidade socioambiental no Brasil, a aliança estratégica com o Banco do Brasil, e um novo acordo tripartite de cooperação técnica AVSI - Enel - Fundação Banco do Brasil, com referência específica a um projeto sobre consumo consciente, educação e atividades geradoras de renda nas comunidades quilombolas do estado de Goiás.

O encontro fez parte do Festival de Desenvolvimento Sustentável, uma iniciativa promovida pela Aliança Italiana para o Desenvolvimento Sustentável (Avsis) e pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália.

O evento foi iniciado em 22 de setembro e segue até 8 de outubro, reunindo personalidades italianas para sensibilizar a sociedade sobre temas referentes à sustentabilidade econômica, social e ambiental. As palestras são transmitidas ao vivo pelo site em italiano da ANSA. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA