Brasil tem mais de 1,1 mil mortes e quase 60 mil casos em 24h

País já soma mais de 222,6 mil óbitos e 9,1 milhões de contágios

Brasil vem mantendo média de mortes acima de mil desde 21 de janeiro
Brasil vem mantendo média de mortes acima de mil desde 21 de janeiro (foto: EPA)
18:53, 29 JanSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O Brasil somou mais 1.119 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 222.666 a quantidade de vítimas da pandemia no país, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta sexta-feira (29).

Com isso, a média móvel de óbitos dos últimos sete dias se mantém acima de mil, em 1.060 nesta sexta, em uma alta constante desde o dia 21 de janeiro. A taxa de letalidade da doença está em 2,4% e a de mortalidade é de 106 a cada 100 mil habitantes.

O estado de São Paulo é o que mais contabiliza mortes quando analisados os valores absolutos, 52.722, seguido por Rio de Janeiro (29.563), Minas Gerais (14.819), Rio Grande do Sul (10.615), Ceará (10.449) e Pernambuco (10.304).

Quando analisadas as taxas de letalidade, porém, o Rio de Janeiro aparece na primeira posição, com 5,7%, seguido por Pernambuco (4%) e São Paulo e Amazonas, ambos com 3%.

Foram ainda 59.826 novos casos no período, totalizando 9.118.513 contágios confirmados da doença. Com os números de hoje, a média móvel dos últimos sete dias continua em alta (52.085).

Também nesse ranking São Paulo lidera em números absolutos (1.759.957) casos confirmados, seguido por Minas Gerais (721.967), Bahia (581.880), Santa Catarina (573.104), Paraná (543.568) e Rio Grande do Sul (543.499).

Segundo o portal Covid-19 no Brasil (https://coronavirusbra1.github.io/), o país já vacinou 1.732.188 pessoas contra a doença. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA