Governo chileno apresentará projeto de casamento igualitário

Medida incluirá a filiação e adoção de crianças por gays

Governo chileno apresentará projeto de casamento igualitário
Governo chileno apresentará projeto de casamento igualitário (foto: ANSA)
14:33, 21 AgoROMA ZBF

(ANSA) - A presidente do Chile, Michelle Bachelet, apresentará nesta segunda-feira (28) um projeto de lei para casamento igualitário, que incluirá também a filiação e a adoção por homossexuais.

A organização que defende e promove os direitos da diversidade sexual no Chile, Movimento de Integração e Liberdade Homossexual (Movilh), comentou em um comunicado que a data de apresentação do projeto ao Parlamento chileno foi acordada junto com o Executivo do país.

Essa medida também firma uma relação "amistosa" entre o Estado e a organização, que processou o coletivo diante da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH).

No meio desta polêmica, a presidente Bachelet anunciou no dia 1 de junho o envio da lei de casamento igualitário para o segundo semestre deste ano, dando cumprimento a uma de suas promessas de campanha eleitoral em 2013.

"Os convites ao ato de apresentação do projeto de lei no Palácio de La Moneda já foram enviadas à CIDH e, a partir da próxima semana, serão entregues a mais pessoas", confirmou o dirigente do movimento Movilh, Rolando Jiménez.

 Jiménez também anunciou que, na próxima semana, irá conversar com o governo para analisar os conteúdos do projeto de lei.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA