Pesquisa mostra empate técnico de Piñera e Guillier no Chile

Segundo turno das eleições será no dia 17 de dezembro

Ex-presidente Sebastián Piñera venceu primeiro turno, mas com menos votos que a esquerda
Ex-presidente Sebastián Piñera venceu primeiro turno, mas com menos votos que a esquerda (foto: EPA)
16:01, 28 NovSANTIAGO ZLR

(ANSA) - Uma pesquisa de intenção de voto divulgada no Chile mostra um empate técnico entre os candidatos Sebastián Piñera (centro-direita) e Alejandro Guillier (centro-esquerda) no segundo turno das eleições presidenciais no país, marcado para 17 de dezembro.

O ex-mandatário conservador e bilionário aparece com 39,8% da preferência, contra 37,3% do candidato da atual chefe de Estado chilena, Michelle Bachelet. A sondagem foi realizada pelo instituto Cadem, que explicou que, "do ponto de vista estatístico, os dois estão em empate técnico".

Antes do primeiro turno, em 19 de novembro, o mesmo instituto colocava Piñera com 45% dos votos, contra 23% de Guillier e 14% de Beatriz Sánchez, postulante de uma frente de esquerda apoiada pelos líderes das manifestações estudantis de 2011. Na apuração, os candidatos tiveram 36,6%, 22,7% e 20,2%, respectivamente.

"Provavelmente, não definimos corretamente o perfil dos potenciais votantes, subestimando a participação eleitoral dos jovens e sua influência no resultado obtido por Sánchez", justificou o Cadem.

Piñera foi presidente do Chile entre 2010 e 2014, entre os dois mandatos de Bachelet, e é um dos homens mais ricos do país, com patrimônio estimado em US$ 2,7 bilhões, segundo a revista "Forbes".

Já Guillier é senador, sociólogo e trabalhou durante três décadas como jornalista televisivo e de rádio, inclusive na emissora que pertencia a seu adversário nas eleições. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en