Em 2º turno, Chile vai às urnas hoje eleger novo presidente

Candidatos ficaram empatados ao longo de toda campanha

Em 2º turno, Chile vai às urnas hoje eleger novo presidente
Em 2º turno, Chile vai às urnas hoje eleger novo presidente (foto: ANSA)
16:36, 17 DezSANTIAGO DO CHILE ZBF

(ANSA) - Após uma acirrada campanha eleitoral marcada por constantes empates técnicos, o Chile vai às urnas neste domingo (17), no segundo turno das eleições, para escolher o novo presidente do país.

Mais de 14 milhões de eleitores poderão votar entre o conservador Sebastián Piñera, que já foi presidente do Chile, e o senador esquerdista apoiado pelo governo, Alejandro Guillier. A atual presidente, a socialista Michelle Bachelet, foi até um centro eleitoral depositar seu voto e recebeu aplausos.
   

Solicitada para tirar selfies, a mandatária pediu que as eleições ocorressem em clima "cívico". O pleito é considerado o mais "acirrado do século" pela imprensa chilena, que evita apontar quem será o vencedor, já que Guillier e Piñera ficaram praticamente empatados nas pesquisas de intenção de voto ao longo da campanha.
   

No primeiro turno, Piñera obteve 36,6% dos votos, contra os 22,7% de Guillier. Na ocasião, apenas 6,7 milhões de eleitores votaram, o que corresponde a 46,7% do eleitorado, já que o voto não é obrigatório no Chile. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA