Piñera toma posse no Chile e inicia segundo mandato

Presidente enfrentará Parlamento chefiado por socialistas

Sebastián Piñera sucedeu Michelle Bachelet pela segunda vez
Sebastián Piñera sucedeu Michelle Bachelet pela segunda vez (foto: EPA)
14:59, 11 MarSANTIAGO ZLR

(ANSA) - O economista bilionário Sebastián Piñera, 68 anos, tomou posse neste domingo (11) como novo presidente do Chile, iniciando seu segundo mandato no comando do país latino-americano.

Ele já havia ocupado o cargo de 2010 a 2014, entre os dois governos da socialista Michelle Bachelet. O juramento foi feito no Congresso Nacional do Chile, na presença de líderes da região, como o presidente do Brasil, Michel Temer.

Bachelet entregou a Piñera a "medalha O'Higgins", símbolo da transição de poder, repetindo os mesmos protagonistas das últimas duas trocas de presidente no país. A agora ex-mandatária garantiu neste domingo que não tentará um terceiro mandato.

Em seu segundo governo, Piñera terá de lidar com a pressão para reformar a Constituição chilena, herdada do regime militar de Augusto Pinochet. Antes de deixar o poder, Bachelet apresentou a proposta de uma nova Carta Magna.

Além disso, poderá enfrentar um Parlamento hostil, já que tanto a Câmara dos Deputados quanto o Senado serão presididos por socialistas: Maya Fernández, neta de Salvador Allende, e Carlos Montes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA