Brasil sediará etapa de negociação de paz entre ELN e Bogotá

Governo brasileiro se aproximou de Juan Manuel Santos

15:30, 08 AbrSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O Brasil deverá sediar ao menos uma das etapas do processo de negociação de paz entre o governo da Colômbia e o grupo guerrilheiro ELN, informou o jornal "Folha de São Paulo".
    De acordo com a publicação, a participação brasileira tem a ver com a mudança de postura do governo de Michel Temer com o presidente colombiano Juan Manuel Santos. Durante o processo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o Brasil não teve nenhuma participação, com as reuniões sendo realizadas em Cuba.
    Atualmente, o ELN tem cerca de 2,5 mil combatentes e usa táticas mais violentas do que as

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en