Colômbia e ELN retomam diálogos de paz em Cuba

Santos disse estar confiante para conseguir um cessar-fogo

Colômbia e ELN retomam diálogos de paz em Cuba (foto: ANSA)
13:13, 10 MaiHAVANA ZCC

(ANSA) - O governo da Colômbia e o Exército de Libertação Nacional (ELN) retomaram nesta quinta-feira (10) em Havana a quinta rodada de negociações na tentativa de chegar a um acordo de paz.

O Centro Internacional de Imprensa, do Ministério das Relações Exteriores de Cuba, divulgou uma nota na qual indicava que a abertura estava marcada para 10h (horário local).

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, confirmou em Berlim, onde participa de uma visita oficial que está otimista para conseguir um cessar-fogo. "Vamos ver se conseguimos um cessar-fogo, e estou convencido de que vamos conseguir", disse.

Depois da suspensão do cessar-fogo em janeiro de 2018, Santos denunciou uma imediata ofensiva do ELN, o que atrasou o retorno das negociações, que foram iniciadas em fevereiro de 2017.

O país sede das negociações era o Equador, no entanto, a nação preferiu se afastar do processo após uma onda de ataques orquestrados supostamente por guerrilheiros dissidentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na fronteira entre os dois países.

Com a dissolução das Farc e sua transformação em movimento civil, o ELN se tornou o maior grupo guerrilheiro da Colômbia, com cerca de 1,5 mil combatentes.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA