Bogotá terá pela primeira vez uma mulher como prefeita

Partido de Ivan Duque perdeu as principais cidades colombianas

Bogotá terá pela primeira vez uma mulher como prefeita
Bogotá terá pela primeira vez uma mulher como prefeita (foto: EPA)
16:34, 28 OutSÃO PAULO E BOGOTÁ ZBF

(ANSA) - O partido governista da Colômbia perdeu as eleições de domingo (27) nas três principais cidades do país: a capital Bogotá, Medelín e Cali, impondo uma derrota ao presidente Iván Duque.

Bogotá elegeu pela primeira vez em sua história uma mulher como prefeita, a ex-senadora Claudia López, da Aliança Verde. Ela é homossexual assumida e doutora em ciências políticas pela Universidade de Northwestern de Chicago.

Antes de ingressar na política, foi investigadora em temas de corrução e crimes de colarinho branco em entidades locais e internacionais. Já em Medelín, que é bastião do chamado "uribismo", movimento político liderado pelo ex-presidente Álvaro Uribe, um aliado de Iván Duque, venceu o candidato independente Daniel Quintero Calle.

Em Cali, o ex-prefeito Jorge Iván Ospina, também da Aliança Verde, ganhou as eleições. "Para quem foi eleito, minha mensagem é clara: esse governo é de todos os colombianos. Podem ter certeza de que, em mim e em toda a equipe do governo, encontrarão aliados para cristalizar as iniciativas com a responsabilidade que precisam", disse Duque, sinalizando aos novos líderes.

O presidente também incentivou os novos prefeitos, governadores e legisladores regionais a "trabalharem sem descanso" para resolver as "necessidades dos colombianos".
   

Já Uribe, por sua vez, admitiu que seus candidatos foram derrotados nas principais cidades. "Perdemos, reconheço a derrota com humildade. A luta pela democracia não tem fim", escreveu em sua conta no Twitter o ex-presidente, que comanda o partido de direita Centro Democrático, ao qual Duque pertence.
    (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en