Cuba prende artista que organizaria Bienal independente

Alcantara foi acusado de 'receptação' após passagem do Irma

Luis Manuel Otero Alcantara foi preso pela polícia cubana
Luis Manuel Otero Alcantara foi preso pela polícia cubana (foto: Reprodução/Facebook)
15:10, 09 NovROMA ZGT

(ANSA) - A polícia cubana prendeu nesta semana o artista Luis Manuel Otero Alcantara, fundador do Museu da Dissidência e organizador da "Bienal de Arte Independente de Cuba", informou a mídia do país.

De acordo com os portais, ele foi acusado de "receptação" por ter uma grande quantidade de sacos de cimento em sua residência.

O governo do país está fazendo uma série de ações para investigar desvios de material após a passagem destrutiva do furacão Irma. Segundo o artista, o material havia sido todo comprado por sua tia para reconstrução de uma residência. No entanto, ela também foi presa.

"Estão acusando-o de receptação, mas não me deram o processo nem algum documento até agora", disse Yanelys Nunez, que também atua na organização da Bienal.

Alcantara decidiu realizar a Bienal Independente após o Conselho Nacional das Artes Plásticas decidir adiar a edição de 2018. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA