Italiano está entre as 570 vítimas dos terremotos no Equador

Homem foi encontrado após 40 horas soterrado

Ainda há desaparecidos após terremotos no Equador
Ainda há desaparecidos após terremotos no Equador (foto: EPA)
16:37, 21 AbrQUITO ZGT

(ANSA) - Subiu para 570 o número de mortos nos dois terremotos que atingiram o Equador nesta semana, informaram as autoridades em um novo balanço oficial divulgado nesta quinta-feira (21). Entre as vítimas, está um homem italiano, confirmou a Chancelaria da Itália sem dar mais detalhes sobre a vítima.

 

Ainda de acordo com as autoridades, um homem identificado como Pablo Cordova, 51 anos, foi retirado nesta quarta-feira (20) dos escombros, após passar cerca de 40 horas soterrado, vítima do segundo forte tremor que atingiu o país. Ele trabalhava em um hotel de Portoviejo, uma das cidades mais afetadas pelos sismas, e que ficou completamente destruído.

 

"Fui o único do hotel que sobreviveu, foi um verdadeiro milagre", disse Cordova ao contar que sobreviveu bebendo sua própria urina e também graças a um antigo celular. "É um celular muito velho e ligava ele só de vez em quando, para não gastar bateria. Finalmente, em um momento, consegui fazer uma ligação e pedir ajuda", ressaltou.

 

O Equador foi atingido por dois grandes tremores: um na noite de sábado, de 7,8 graus na escala Richter, e um na terça-feira, de 6,1 graus na escala Richter. Até o momento, há ainda cerca de 100 desaparecidos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA