Presidente do Conselho Eleitoral indica 2º turno no Equador

Pozo afirmou haver uma "tendência consolidada"

17:18, 21 FevQUITO ZGT
(ANSA) - O presidente do Conselho Eleitoral do Equador, Juan Pablo Pozo, afirmou que haverá um segundo turno nas eleições presidenciais no país.
    Em entrevista à imprensa, Pozo destacou que há uma "tendência consolidada" que "não pode mais mudar" os resultados. Até o momento, 95,2% das urnas já foram apuradas, com o candidato governista Lenín Moreno com 39,2% dos votos e o opositor Guillermo Lasso tem 28,3%.
    Segundo a lei eleitoral do Equador, para vencer em primeiro turno o candidato precisa ter 40% dos votos e 10% a mais do que o segundo colocado. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en