Trump pediu para presidente do México não falar sobre muro

Republicano ameaçou até cortar contatos com Peña Nieto

Peña Nieto e Trump durante encontro na Alemanha
Peña Nieto e Trump durante encontro na Alemanha (foto: EPA)
19:31, 03 AgoWASHINGTON ZLR

(ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cobrou seu homólogo mexicano, Enrique Peña Nieto, para ele parar de falar à imprensa que seu país não pagaria pelo bilionário muro que o magnata republicano pretende construir na fronteira entre as duas nações.

O diálogo ocorreu durante um telefonema no último dia 27 de janeiro, uma semana depois da posse de Trump, e sua transcrição foi divulgada nesta quinta-feira (3) pelo jornal norte-americano "The Washington Post".

"Você não pode dizer isso para a imprensa", afirmou repetidamente o presidente dos EUA. Durante toda a campanha, o muro na fronteira com o México foi um dos pilares do discurso de Trump, que sempre garantiu que o país vizinho pagaria pela obra, cujo custo pode passar dos US$ 20 bilhões.

Na conversa com Peña Nieto, o republicano admitiu que os fundos para o muro teriam de vir de outras fontes, mas ameaçou cortar os contatos com o colega caso ele continuasse dando declarações o desafiando. "Vai funcionar de algum jeito", garantiu Trump, antes de acrescentar: "Se você vai dizer que o México não pagará pelo muro, então não quero me encontrar mais com vocês".

Além disso, o presidente dos EUA ainda falou que o muro é "a coisa menos importante" a se discutir, mas, "politicamente", pode ser a "mais importante". No início do mandato de Trump, Peña Nieto chegou a cancelar uma visita à Casa Branca por causa da polêmica sobre o pagamento da obra.

A divulgação da conversa já provocou críticas da oposição ao presidente do México, que é acusado de ter uma atitude "submissa" frente ao republicano. "O presidente Peña Nieto reduziu a imagem do país no mundo inteiro com essa conduta. É sua obrigação respeitar seu cargo", declarou o deputado federal Jorge López Martín, expoente do Partido Ação Nacional (PAN).

Em recente encontro na Alemanha, durante a cúpula do G20, Trump chamou Peña Nieto de "amigo", mas reiterou que o México pagará pelo muro, o que foi prontamente negado pelo presidente latino. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en