Número de mortos em oleoduto no México sobe para 119

Explosão após tentativa de roubo de combustível ocorreu dia 18

Número de mortos em oleoduto no México sobe para 119 (foto: EPA)
08:13, 30 JanCIDADE DO MÉXICO ZCC

(ANSA) - Subiu para 119 o número de mortos na explosão de um oleoduto no município de Tlahuelilpan, no estado de Hidalgo, no último dia 18 de janeiro, informaram as autoridades do México.
   

O novo balanço foi divulgado pelo ministro da Saúde, Jorge Alcocer, durante entrevista coletiva nesta terça-feira (29).
   

Segundo ele, pelo menos 60% do número de feridos foram à óbito.Ao todo, ainda há 29 pessoas internadas, três delas em um hospital de Galveston, no Texas.

Alcocer ainda explicou que as vítimas "mais grave" já morreram e os demais têm "uma previsão melhor". No entanto, ele ressalta que a metade ainda precisa passar por um tratamento intensivo para garantir uma "situação mais estável".

A explosão aconteceu a 120 quilômetros da Cidade do México, após um grupo perfurar o oleoduto para roubar combustível.

Hoje (30), as autoridades mexicanas anunciaram a descoberta de um túnel sob um prédio industrial na Cidade do México em que ladrões de combustíveis usavam para roubar diesel e gasolina de oleodutos.
   

O sistema ilegal é arriscado e muitas vezes provoca vazamentos de combustíveis, o que gera incêndios e explosões como a de Tlahuelilpan. O túnel é reforçado por uma estrutura de madeira para evitar colapso e dá acesso a quatro oleodutos da cidade.

Anualmente, o México descobre milhares de conexões ilegais a oleodutos, mas raramente são túneis e dificilmente são localizados em áreas muito povoadas. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA