Trump fecha acordo com México para controlar migrantes

Pacto evita implantação de tarifas contra produtos mexicanos

Migrantes cruzam fronteira entre Guatemala e México
Migrantes cruzam fronteira entre Guatemala e México (foto: EPA)
12:04, 08 JunWASHINGTON ZLR

(ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na noite desta sexta-feira (7) um acordo com o México para suspender por tempo indeterminado uma sobretaxa alfandegária de 5% que entraria em vigor no dia 10 de junho.

A escalada tarifária, que poderia chegar a 25% em outubro, havia sido anunciada por Trump no fim de maio, para pressionar o governo mexicano a controlar os fluxos migratórios entre a América Central e os Estados Unidos.

"Estou feliz em informar que os Estados Unidos da América chegaram a um acordo assinado com o México", escreveu o presidente no Twitter.

"As tarifas que seriam implantadas pelos EUA na segunda-feira estão suspensas por tempo indefinido. O México, por sua vez, aceitou adotar fortes medidas para conter a maré migratória até nossa fronteira sul", acrescentou.

O acordo prevê o envio da Guarda Nacional do México à fronteira com a Guatemala e que solicitantes de refúgio nos Estados Unidos aguardem a análise de seus pedidos em solo mexicano. "O México vai trabalhar duro e, se fizer isso, será um acordo muito bem sucedido para Estados Unidos e México", disse Trump.

Segundo o presidente, o país latino também aceitou comprar "grandes quantidades de produtos agrícolas" americanos. "Acho que existe um equilíbrio justo", declarou o ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA