Senador paraguaio é cassado após pedir morte de brasileiros

Paraguayo Cubas Colomés incitou a violência em um vídeo

12:29, 29 NovASSUNÇÃO ZBF
(ANSA) - Um senador paraguaio que tinha incitado a violência e pedido a morte de "pelo menos 100 mil brasileiros" teve o mandato cassado nesta quinta-feira (28). O senador Paraguayo Cubas Colomés tinha gerado polêmico na segunda-feira (25), em um vídeo postados nas redes sociais no qual aparecia em uma estrada de Minga Porá, na fronteira entre Brasil e Paraguai, perto de um caminhão carregado de madeira.
    "Bandidos brasileiros, bandidos! Invasores! Agora desflorestando o país", grita o parlamentar nas imagens. "Tem que matar aqui ao menos 100 mil brasileiros bandidos", afirma o senador, que pertence ao partido nacionalista de direita Movimento Cruzada Nacional.
    Em repúdio, com 23 votos a favor, três abstenções, um voto contrário e 18 ausências, o Senado do Paraguai decidiu cassar o mandato do político na tarde de ontem.
    "O parlamentar utilizou sua posição para cometer reiteradas condutas que não correspondem a um representante nacional", ressaltou a ata da sessão. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en