Com posse de Kuczynski, Fujimori volta a pedir indulto

Ex-presidente cumpre pena por violações dos direitos humanos

Com posse de Kuczynski, Fujimori volta a pedir indulto (foto: EPA)
19:46, 25 JulLIMA ZSG

(ANSA) - Os advogados do ex-presidente do Peru Alberto Fujimori (1990-2000), que cumpre pena de 25 anos de prisão, voltaram a solicitar um indulto, citando seu estado de saúde.
   
Pedido foi realizado menos de uma semana antes de o presidente eleito, Pedro Pablo Kuczynski, assumir o cargo, na próxima quinta-feira, dia 28.
   

O atual mandatário, Ollanta Humala, já havia rejeitado o recurso em diversas ocasiões. Como a filha de Fujimori, Keiko, com quem Kuczynski concorreu pelo cargo, controla a composição do novo Congresso, aliados tentam pressionar o novo presidente.
   
Ele disse que não irá conceder um indulto, mas deixou uma porta aberta para uma modificação na legislação que pode permitir que ele cumpra sua pena em regime de prisão domiciliar. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en