Justiça anula indulto de Fujimori e ordena sua prisão

Ex-presidente de 80 anos foi condenado a 25 anos de reclusão

Justiça anula indulto de Fujimori e ordena sua prisão
Justiça anula indulto de Fujimori e ordena sua prisão (foto: ANSA)
20:40, 03 OutLIMA ZCC

(ANSA) - A Justiça do Peru anulou nesta quarta-feira (3) o indulto humanitário dado ao ex-presidente Alberto Fujimori (1990-2000),em 2017, pelo então chefe de Estado Pedro Pablo Kuczynski, e ordenou que ele seja capturado para voltar à prisão.

Segundo a agência de notícias Andina, a decisão foi tomada pelo Tribunal de Investigação Preparatória da Suprema Corte, presidido pelo juiz Hugo Nuñez Julca.
   

"O juiz emitiu as ordens de localização e prisão contra o ex-presidente Fujimori a fim de que seja reingressado ao estabelecimento penitenciário que designe a autoridade penitenciária", diz a Suprema Corte do Peru em sua conta no Twitter.
   

Fujimori recebeu o indulto no ano passado após uma equipe médica afirmar que o ex-presidente peruano sofria de uma doença degenerativa. Na ocasião, o ex-ditador de 80 anos cumpria uma pena de 25 anos de detenção por violação de direitos humanos, corrupção e apoio à esquadrões da morte.
   

De acordo com a emissora local, o advogado de defesa de Fujimori, Miguel Pérez Arroyo, está "bastante consternado" e irá recorrer, pois a decisão é "questionável".
   

O indulto dado por Kuczynski causou uma série de protestos, com milhares de pessoas indo às ruas das principais cidades peruanas no mês de dezembro. Além disso, ele custou a base política do presidente, incluindo a demissão de diversos ministros que protestaram contra o benefício dado ao ex-ditador. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA