Ex-presidente do Peru Kuczynski é preso por caso Odebrecht

Kuczynski é acusado de corrupção e pode ter recebido propina

Ex-presidente do Peru Kuczynski é preso por caso Odebrecht
Ex-presidente do Peru Kuczynski é preso por caso Odebrecht (foto: EPA)
19:58, 10 AbrROMA ZCC

(ANSA) - A Justiça do Peru determinou nesta quarta-feira (10) a prisão temporária do ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski (2016-2018) sob a acusação de corrupção e recebimento de propina da construtora Odebrecht.

Em comunicado, o Poder Judiciário afirmou que a medida foi decidida pelo Terceiro Juiz de Instrução Preliminar e pede a detenção preventiva de 10 dias. A ação é conduzida por José Domingos Pérez.
   

A ordem de prisão foi expedida pelo Tribunal Permanente Especializado em Crimes de Corrupção de Funcionários que acatou o pedido do Ministério Público. De acordo com a imprensa local, Kuczynski é alvo de uma investigação na qual é suspeito de supostamente ter recebido propina no valor de US$ 20 milhões da Odebrecht.
   

O ex-presidente alega ser alvo de perseguição e ressalta que nunca se negou a prestar depoimento à Justiça. O peruano ainda reafirmou que executivos da empresa brasileira negaram há dois meses ter tido contato com ele Além de Kuczynski, outros dois mandados de prisão foram cumpridos contra a secretária Gloria Jesus Kisic e o motorista Jose Luis Bernaola. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA