Ex-preso de Guantánamo é enviado de volta ao Uruguai

Achado na Venezuela, ele reclama das condições de vida no país

Ex-preso de Guantánamo é enviado de volta ao Uruguai
Ex-preso de Guantánamo é enviado de volta ao Uruguai (foto: EPA)
15:08, 29 AgoCARACAS ZSG

(ANSA) - Jihad Ahmed Diyab, um dos seis ex-detentos de Guantánamo acolhidos pelo Uruguai que estava sendo procurado no Brasil e foi achado na Venezuela recentemente, foi enviado de volta a Montevidéu.
   
Segundo o jornal uruguaio "El Observador", ele passa bem após ter dado início a uma greve de fome para protestar contra as condições as quais foi submetido na Venezuela. Detido pela Inteligência local, ele ficou incomunicável e sem acesso a uma defesa legal.
   
Descontente com as condições no Uruguai, ele havia fugido para a Venezuela, passando pelo Brasil, onde assustou as forças de segurança, especialmente diante da proximidade dos Jogos Olímpicos.
   
O medo era que ele se vinculasse a alguma célula terrorista pois, antes de ser enviado a Guantánamo, atuava como recrutador do al-Qaeda.
   
Após retornar ao Uruguai, será iniciado um diálogo para definir seu futuro.Ele pretende viajar para a Turquia, onde tem familiares, e por isso fugiu do Uruguai. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA