Chavismo perde força política na Venezuela, mostra pesquisa

Com Nicolás Maduro, menos pessoas se consideram chavistas

Chavismo perde força política na Venezuela após morte de Hugo Chávez, mostra pesquisa
Chavismo perde força política na Venezuela após morte de Hugo Chávez, mostra pesquisa (foto: EPA)
12:12, 04 JanSÃO PAULO ZAR

(ANSA) - Após 18 anos no poder na Venezuela, o chavismo não é mais a principal força política do país sul-americano. É o que indica uma pesquisa realizada pela consultoria venezuelana Datanálisis, uma das maiores da nação.

De acordo com o diretor da companhia, José Gil Yepez, o Partido Socialista Unido da Venezuela (Psuv), principal legada chavista do país, não é mais a "principal sigla do país", tendo perdido espaço na última década para os "opositores" e para os "independentes", pessoas que não se identificam com nenhuma das duas vertentes políticas.

"Os independentes se encontram em 45% [dos votos], enquanto os opositores estão com cerca de 27% e o PSUV soma apenas 18%", afirmou Yepez em uma entrevista para a emissora de rádio venezuelana"Unión".

De acordo com a pesquisa, com o ex-presidente Hugo Chávez (1999 - 2013), a legenda chavista tinha 40% da identificação partidária. Já com o seu sucessor, Nicolás Maduro, que enfrenta uma grave crise econômica e política, essa taxa "caiu para menos da metade", disse Yepez.

O venezuelano ainda disse que o número de "independentes" tem crescido no país e que essas pessoas "querem o diáologo e a paz, estão fartos do conflito entre o governo e a oposição, para essa gente, sentar na mesa de diálogo era uma oportunidade positiva".

Além disso, Yepez também disse que 47% da população que foi consultada na pesquisa se considera oposição, 33% dela, "independente" e 20% dela, chavista. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA