Ex-ministro venezuelano é detido por conspirar contra Maduro

Miguel Torres foi preso enquanto fazia discurso antigoverno

Ex-ministro venezuelano é detido por conspirar contra Maduro (foto: ANSA)
10:27, 14 MarCARACAS ZCC

(ANSA) - O ex-ministro venezuelano Miguel Rodríguez Torres foi detido nesta terça-feira (13) pelo Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin), enquanto realizava um discurso contra o governo de Nicolás Maduro.

A detenção de Rodríguez aconteceu em um evento organizado pela entidade que ele coordena, o Movimento Frente Amplo Desafio de Todos. Em seu discurso, o ex-ministro falou sobre a crise econômica e de segurança que está assolando a Venezuela.

De acordo com um comunicado emitido pelo governo do país, Rodríguez foi acusado de praticar "conjurações e complôs" contra as Forças Armadas e planejar "atos armados e conspirações" contra a Constituição venezuelana.

Rodríguez é ex-ministro do Interior e ex-chefe do serviço de inteligência venezuelano, e se afastou do governo de Maduro em 2015. Como consequência, a Controladoria Geral do país o desabilitou por um ano, impedindo que Rodríguez dispute as eleições presidenciais da Venezuela, marcada para o dia 20 de maio.

A perseguição de Maduro contra dissidentes começou em 2017, quando mandou prender e afastar diversos rivais políticos, além de ter articulado a prisão de dezenas de executivos do setor petrolífero do país.

Aos 55 anos, Nicolás Maduro está no poder da Venezuela desde abril de 2013, quando sucedeu Hugo Chávez. Sem rivais para as eleições presidenciais, a reeleição do atual chefe de Estado do país está muito próxima.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA