Maduro expulsa principal diplomata dos EUA na Venezuela

Presidente disse que Todd Robinson "conspira" contra seu governo

Nicolás Maduro expulsa principal diplomata dos EUA na Venezuela
Nicolás Maduro expulsa principal diplomata dos EUA na Venezuela (foto: EPA)
15:39, 22 MaiCARACAS ZCC

(ANSA-AP) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu nesta terça-feira (22) a expulsão do mais alto diplomata dos Estados Unidos em Caracas, Todd Robinson, acusando-o de conspiração contra seu governo.

Com a decisão, Robinson, encarregado das Relações dos EUA, e seu vice, Brian Naranjo, terão 48 horas para deixar o país latino-americano.

O episódio acontece dois dias após a contestada reeleição de Maduro na Venezuela - menos de 50% da população compareceu às urnas no último domingo (20) - e só aumenta a tensão entre o país norte-americano e o regime chavista.

Ontem (21), os Estados Unidos, que não reconheceram a votação, assinaram uma ordem que limita as possibilidades do governo venezuelano de vender ativos no mercado financeiro. (ANSA-AP)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA