OEA convoca reunião de emergência sobre crise migratória

Mais de 1,6 milhão de venezuelanos fugiram do país desde 2015

Migrantes venezuelanos chegam em Cucuta, na Colômbia
Migrantes venezuelanos chegam em Cucuta, na Colômbia (foto: ANSA)
12:55, 30 AgoCARACAS ZLR

(ANSA) - A Organização dos Estados Americanos (OEA) convocou para o próximo dia 5 de setembro, em Washington, uma sessão extraordinária de seu conselho permanente para "examinar a crise migratória originada da situação na Venezuela".

O encontro foi pedido pelo secretário-geral da OEA, Luis Almagro, já ofendido em diversas ocasiões pelo presidente Nicolás Maduro, e também reunirá representantes da Organização Internacional para as Migrações (OIM) e do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur).

A OIM diz que 1,6 milhão de venezuelanos deixaram o país desde 2015, em função da crise política, econômica e social, e 90% dessas pessoas fugiram para nações da América do Sul, como Colômbia, Peru, Equador e Brasil.

A emergência humanitária na região já é comparada pela ONU à crise migratória no Mar Mediterrâneo. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA