Venezuela autoriza saída de mais de 100 brasileiros

Fronteira entra os países está fechada desde 22 de fevereiro

Confronto entre manifestantes e policiais venezuelanos perto de Pacaraima, na fronteira com o Brasil
Confronto entre manifestantes e policiais venezuelanos perto de Pacaraima, na fronteira com o Brasil (foto: ANSA)
09:55, 27 FevSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Mais de 100 brasileiros foram autorizados a deixar a região de Santa Elena de Uairén, na Venezuela, depois de uma longa negociação entre autoridades dos dois países.

Os brasileiros estão autorizados a regressar para o Brasil desde a noite da última terça-feira (26), segundo informações do Ministério das Relações Exteriores.

No grupo, há turistas e residentes, inclusive crianças, além de motoristas de caminhão. Inicialmente, surgiu a informação de que apenas aqueles com problemas de saúde estariam autorizados a retornar para o território brasileiro.

A fronteira do Brasil com a Venezuela está fechada desde o último dia 22, por ordem do presidente Nicolás Maduro. A partir daí, houve momentos de confrontos e violência na região, registrando inclusive mortos e feridos.

Pelos dados do Itamaraty, vivem na Venezuela, em diferentes cidades, cerca de 11,8 mil brasileiros. Mas nem todos têm interesse de retornar ao Brasil, pois muitos possuem dupla nacionalidade e preferem ficar em território venezuelano.

O Ministério das Relações Exteriores informou que o "serviço consular segue auxiliando os brasileiros na consulta sobre interesse em deixar" a Venezuela. O governo brasileiro mantém consulados em quatro cidades, incluindo Santa Elena do Uairén e Caracas. Pelas informações preliminares, não há brasileiros em Caracas dispostos a retornar para o Brasil. (ANSA)

Fonte: Agência Brasil

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA