Confrontos na Venezuela deixam 4 mortos e dezenas de feridos

Protestos estão sendo realizados desde a última terça-feira (30)

Confrontos na Venezuela deixam 2 mortos e dezenas de feridos
Confrontos na Venezuela deixam 2 mortos e dezenas de feridos (foto: EPA)
14:16, 02 MaiCARACAS ZCC

(ANSA) - Dois adolescentes de 14 e 16 anos de idade morreram durante as manifestações na Venezuela, elevando para 4 o número de mortos nos protestos iniciados em 30 de abril. A informação da morte dos adolescentes foi divulgada pela ONG Observatório Venezuelano de Conflito Social (OVCS).

As vítimas foram identificadas como Yoster Graterol, de 16 anos, que morreu em Aragua, nos arredores de Caracas, e Yoifre Jesús Hernández Vásquez em Altamira, de 14 anos, que faleceu na capital.

Em sua conta no Twitter, a ONG condenou relatou que, somente neste ano, 55 manifestantes foram mortos em atos contra o governo de Maduro.

Segundo o Serviço Municipal de Saúde de Caracas, mais de 100 pessoas ficaram feridas em todo país no segundo dia consecutivo de protestos.

Desde o dia 30 de abril, Caracas é palco de atos convocados por Guaidó, que chegou a anunciar a intenção de retirar Maduro do poder. O opositor disse contar com o apoio das Forças Armadas, porém Maduro garante que o Exército ainda está ao seu lado. Segundo Guaidó, os protestos irão continuar. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA